A alma da cidade

Nova York jamais seria Nova York sem o metrô. Pode ser sujo, barulhento, mas o fato é que sem as 468 estações cortadas por trens (os expressos são o orgulho da cidade) seria muito mais difícil viver. Já pensou que maravilha sua vida se você não precisasse mais de carro? Aqui é assim. E, pode ter certeza, esse luxo é melhor do que você imagina.

O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana e liga os cinco boroughs por mais de mil quilômetros de trilhos. Nessas viagens, a gente é acompanhado pela voz do condutor. Alguns são divertidos, outros bravos, outros breves. Certo dia, a caminho do Brooklyn debaixo de uma chuva daquelas, ele anunciou: “não importa o seu destino, o caminho é a felicidade”. Demais.

Mas apenas uma voz é universal nessas viagens. Hoje, graças a um pequeno artigo no The New York Times, descobri que o gênio que nos diz para “stand clear of the closing doors” diariamente é Bernie Wagenblast. A voz é tão marcante que rendeu uma composição de Tom Zé durante a apresentação dele no Lincoln Center ano passado. “Vocês, novaiorquinos têm muita sorte. Todo dia ouvem essa poesia. “Stand clear of the closing doors”. Três aliterações. É beleza demais.”

Só que as frases de Wagenblast são um tanto limitadas. Então, o Times convidou o tenor do metrô para gravar outras, sugeridas pelos leitores. É das coisas mais geniais dos últimos tempos. Para quem mora/morou na cidade, ou apenas é apaixonado por aqui, é certeza de gargalhadas. “Cheap headphones” é um pérola. Divirtam-se!

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s