O Grito, de Edvard Munch, chega ao MoMA

Das quatro versões que Edvard Munch produziu de “O Grito”, apenas uma permanece nas mãos de um colecionador particular. As outras três estão em museus da terra natal do pintor, a Noruega. Por isso a chance de ver essa imagem única é sempre celebrada. A peça foi adquirida em maio, em um leilão da Sotheby’s, por US$ 120 milhões.

O Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA) exibe a obra, datada de 1895, durante os próximos seis meses, até 29 de abril de 2013. A visita já valeria a pena só por “O Grito”, mas os curadores do MoMA foram além e selecionaram uma série de criações de Munch pertencentes à coleção do museu.

Clique aqui para ler outras notícias do Ela Digital.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s