A última dança

José Manuel Carreño e Julie Kent estavam no palco quando vi Giselle, cerca de um mês atrás. Adoro balé desde sempre e, onde quer que eu esteja, tento acompanhar o que está acontecendo no mundo da dança. Mas poucas vezes senti tamanha emoção em um espetáculo. Descobri o óbvio: uma coreografia executada pelos melhores bailarinos vira obra-prima.

Julie Kent é considerada a melhor Giselle do mundo. José Manuel Carreño faz os outros bailarinos parecerem gorduchos, tamanha a leveza do cubano. Os dois juntos são imbatíveis. Nesta temporada, ainda mais, por dois motivos. Kent completa 25 anos na American Ballet Theatre. Carreño de despede da companhia, se aposentando ao fim da temporada.

Tive a sorte de testemunhar a última Giselle dele. E, sábado, o último Swan Lake.

Foi sem querer. Comprei os ingressos meses atrás. Escolhi esta performance porque o príncipe Siegfried seria interpretado pelo brasileiro Marcelo Gomes. Mas quem estava lá era Carreño. E eu nem me zanguei com a mudança.

Acho o terceiro ato de Swan Lake o mais bonito do balé. Sei que é um clichezão, mas o pas de deux do Black Swan é mesmo uma das coisas mais fantásticas que se pode testemunhar num palco. Com Carreño e Kent, é de arrancar lágrimas. A matéria no The New York Times sobre aquela que seria a performance de despedida de Carreño conta um pouco dessa parceria e da bela trajetória dele.

Não consegui achar no Youtube uma performance dos dois, então, minha singela homenagem a Carreño fica com a apresentação dele ao lado de Susan Jaffe, também belíssima. Carreño, muito obrigada pelas maravilhas que você nos ofereceu.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s