Mistérios de Lisboa

Já sei que este será um dos posts menos populares da história dos posts. Mas tudo bem. Preciso falar sobre “Mistérios de Lisboa“, um dos meus novos filmes preferidos de todos os tempos. Posso dizer que ele teve em mim o mesmo efeito dos livros de Orhan Pamuk. Me despertou uma renovada paixão pela arte. Vejo filmes como se não houvesse amanhã, um atrás do outro, mas alguns dos mais recentes vinham me desanimando um bocado. Filmes de gente que eu adoro, como o último da Miranda July (The Future) ou o último do Herzog, que aliás, vi anteontem (Into the Abyss) são, no máximo, em um dia de extremo bom humor, regulares. Mistérios de Lisboa, não. É um filmaço.

A adaptação da obra de mesmo nome de Camilo Castelo Branco tem 4h26. Isso mesmo. Quase uma ópera de Wagner. Tem que querer muito ver. Eu sou do time que acha que, desde O Poderoso Chefão, nenhum filme deveria ter tido mais de 3 horas. Mas essa obra-prima de Raul Ruiz vale cada respiro, cada plano alongado. Originalmente feito para a televisão, era uma série de 6 capítulos de uma hora cada (seria obsessivo demais ver agora a série? hummmm…). É até difícil resumir a história. São tantos personagens com histórias fascinantes, que qualquer tentavia seria injusta. Mas como jornalistas são injustos e irresponsáveis por definição, vamos lá.

A história gira em torno de João (ou Pedro da Silva), que tenta descobrir quem são seus pais. A mãe é um condessa que teve um grande amor (que não é o conde). O pai foi perseguido e… Pronto. Já estou estragando a história. Bom, posso dizer que tem padre, monge, filhos bastardos, a realeza toda, bandidos, mocinhas, freiras e por aí vai. Claro, tudo regado a mistérios e àquele sotaque delicioso, como diz o nome. O cenário é esplendoroso, a direção impecável, os diálogos de chorar. E tcharam: instantâneo no Netflix.

2 thoughts on “Mistérios de Lisboa

  1. Definitivamente, a programação de filmes do seu Netflix é melhor do que a minha… A do Netflix Brasil deixa MUITO a desejar ainda… E ver filmes como se não tivesse amanhã, um atrás do outro, é sempre tão bom!!! Se depender de mim, esses seus posts nunca serão menos populares.🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s